A Região
  Como chegar
  Hospedagem
  Gastronomia
  Receptivos
  Tábua de marés
  Galeria de fotos
 
 
  Contatos do Site
  Contatos na Região
 

IPIÓCA E FLORIANO

Marcio Vasconcellos

Tenho como leitura nos dias atuais a vida de Floriano Peixoto. Menino pobre, nascido em Ipioca, cujos pais foram geradores de uma numerosa prole, foi dado por estes para um tio, que o criou em melhores condições financeiras. Levado por um destino e com o esforço próprio, Floriano Peixoto chegou às fileiras do Exército. Teve seu momento de glória na campanha da Guerra do Paraguai, onde se destacou como líder e guerreiro. Nos movimentos que anteciparam a Proclamação da República, teve comportamento de cautela e disciplina baseado no pré-suposto de que, entre a obediência, a hierarquia, a fidelidade ao regime monárquico e as tendências no mundo, permaneceu neutro, observando os acontecimentos até seu desenlace.
A história o levou a caminhar, com Marechal Deodoro da Fonseca, vice-presidente da nova República, por terrenos incertos, e muitas vezes tumultuados, no desenrolar dos acontecimentos até a renúncia
do titular e sua ascensão ao poder. Foi um período de turbulência na vida do País em que procurou o
equilíbrio das decisões, sempre buscando a manutenção da Federação.
Enquanto me debruço sobre o livro, as lembranças de um tempo que passou e o presente do qual participo estão no mesmo lugar de seu nascimento: Ipioca. Neste lugar, caminho pelas praias de rara beleza,
emolduradas por ricos coqueirais, seus arrecifes, suas piscinas naturais e o alto da aldeia com sua igreja dedicada a Nossa Senhora do Ó, de bela arquitetura barroca, que se projeta grandiosa no
tamanho de seus vizinhos.
O Alto de Ipioca é, sem dúvidas, um sítio onde a história aconteceu. Tal patrimônio encontra-se esquecido, bradando pelo reconhecimento e pela memória daquele que foi o nome que marcou a história deste
País. Estamos no limiar de uma nova fase para a aldeia de Ipioca, oficialmente Floriano Peixoto.
Surge um novo destino turístico para o nosso Estado. Suas praias, os empreendimentos hoteleiros, seus restaurantes com uma gastronomia peculiar, os condomínios, as vivendas à beira-mar, e a proximidade
com a capital, tudo isso conspira para uma Ipojuca de Nossa Senhora do Ó, que gerou Porto de Galinhas, no vizinho Estado de Pernambuco.

 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------